Arquivo da tag: alexa

obsession: coques

Quem convive comigo sabe que eu vivo de cabelo preso. Passo o dia todo prendendo o cabelo ou a franja e simplesmente enlouqueço quando não tenho grampos no bolso. Enfim, vivo de cabelos presos, não importando o comprimento.

Costumo usar a Alexa de referência porque o cabelo dela é curto e mesmo assim tá sempre arrumado de uma forma diferente.

Pra quem tem mais cabelo (e paciência) que eu, o coque com trança fica fantástico.

Uma boa opção pra quem não tem coordenação, cabelo ou paciência pra tranças são os torcidinhos (sempre uso!).

E viva os grampos de cabelo!

Anúncios

about: ressaca das tachas

Depois da overdose de tachas e acabamentos vinílicos – principalmente depois de ver o fulaninho do restart de wet leggings no fantástico, decidi injetar um pouco mais de feminilidade no meu armário. Decidida a me livrar da aparência de metaleira, comecei a olhar novos horizontes.

Enfim, meu novo interesse fashion culmina nas décadas de 60 e 70. De um lado, a elegância espontânea e francesa dos oxfords, listras e óculos gatinho , de outro,  a alfaiataria inglesa. Pra quebrar, um toque de excesso da edie, dado com brincos gigantes ou mistura de estampas e texturas.

Cabelo, como sempre, bagunçado. Seja o penteado preso ou solto, ainda mais que eu tenho cabelos curtos. Já o beauté, o mais natural possível, um delineadorzinho, rímel, blush, e um hidratante labial, ou sombra marrom esfumada, batom mais escuro – vermelho, vinho  ou aquele cor de boca mais escuro – e rímel. Já nas unhas, vermelhos, bordôs, cafés e cinzas, só.

Uma palavra: listras.

beijo, Laurinha.